.mais sobre nós

http://invictus-criativos.hi5.com

.citação

"Orgulhosamente invicta e tripeira, aí está a emblemática cidade do Porto."

Site das Pousadas da Juventude

.foto

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

.a cidade em música

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

.posts recentes

. Red Bull Air Race, primei...

. Da Televisão para a Expos...

. Pousada da Juventude do P...

. Bike Tour Porto

. Final do Ano Lectivo

.arquivos

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.pesquisa

 
blogs SAPO

.subscrever feeds

Quinta-feira, 7 de Fevereiro de 2008

Entrevista à filha de Agustina Bessa-Luís, Mónica Bessa-Luís Baldaque

Agustina Bessa-Luís (Maria Agustina Ferreira Teixeira Bessa Luís) nasceu no Lugar do Paço, em Travanca, concelho de Amarante. Porém, em 1932, veio para o Porto estudar, onde passou parte da sua adolescência, mudando-se para Coimbra em 1945, e, a partir de 1950, fixou definitivamente a sua residência no Porto.

 

A escritora surge no panorama literário português numa altura em que a oposição entre o neo-realismo e o modernismo do movimento da «Presença» atinge o seu auge.

 

Já em 2004, aos 81 anos, recebeu o mais importante prémio literário da língua portuguesa: o Prémio Camões.

 

Dado a relevância desta, já considerada, Portuense Ilustre, tentamos fazer algumas perguntas para conhecer a sua maneira de ver a nossa cidade.

 

Por motivos de saúde, a entrevista não foi possível ser realizada directamente com a escritora, pelo que a sua filha, Mónica Bessa-Luís Baldaque, nos falou um pouco da mãe e da ideia que ela ao longo dos anos lhe foi transmitindo sobre a cidade.

 

Fomos recebidos na Casa-Museu Marta Ortigão Sampaio com uma enorme amabilidade e com vontade de colaborar no nosso projecto.

 

De entre a entrevista, destacamos alguns momentos que, de uma forma ou de outra, nos chamaram mais à atenção.

 

O que significa a cidade do Porto para a sua mãe?

A minha mãe frequentemente dizia: “O Porto é a cidade ideal para se trabalhar”. Segundo ela, o clima e a calma da cidade eram propícios ao seu trabalho, ao recolhimento e à escrita.

 
O que mudaria a sua mãe na cidade do Porto?

A minha mãe gostava e gosta muito da cidade. As suas maiores tristezas eram o mau aproveitamento da costa e a perda de carisma da Avenida Montevideu.

 
Onde encontra a sua mãe inspiração para a escrita?

Na sua vida, no seu quotidiano, nas histórias que lhe contam, na vida familiar. A minha mãe gosta muito de ouvir histórias e depois entrelaça-as nos seus livros.

 
Para terminar, como acha que a sua mãe descreveria o Porto numa palavra?

“Névoas”, era uma expressão que ela usava regularmente quando falava da cidade.

 
Queríamos agradecer o apoio que nos foi dado e desejamos as rápidas melhoras a uma pessoa tão importante para a cultura nacional como é a escritora Agustina Bessa-Luís.

publicado por Invictus às 22:20

link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De liliana rodrigues a 24 de Março de 2009 às 09:53
eu sou neta do signor jorge franklin gomes ferreira primo da signora albertina bessa-luis, sou da famillia que a signora bessa-luis esquece de fallar na sua autobiographia pour medo de erros da parte do seu pai. desculpe os meus erros em portugues mas eu ja nasci em luxembourgo e nao apprendi o portugues
De Ana Monteiro, 10ºCT a 21 de Fevereiro de 2008 às 01:50
Parabéns aos Invictus pelo seu excelente trabalho.
É um orgulho frequentar o mesmo colégio que vocês, visto serem um grupo que mostra empenho, dedicação, criatividade, entrega e respeito por aqueles que não têm tanta sorte como nós (membros da ACAPO).
Mais uma vez vos congratulo por conseguirem fazer os diversos trabalhos sem o apoio financeiro de um membro exterior ao grupo. Quer dizer, segundo aquilo que vocês disseram na visita guiada à exposição (que estava excelente e muito bem organizada, devo dizer), não têm tanto apoio como o desejado apenas por serem alunos do 12ºano.
Talvez até seja melhor assim, porque podem mostrar o quão autónomos alunos de 17 anos conseguem ser.
Começam cedo a mostrar o que valem.

Continuem!
De Anónimo a 12 de Fevereiro de 2008 às 21:50
Parabéns pelo projecto, e pelo entusiasmo com que trabalham nele!
Ouvi ontem alguém comentar, sobre a gente do Porto..."são uns dinossauros, sem capacidade para evoluir, para acompanhar os grandes desafios sociais..." A vós cabe a tremenda tarefa de fazer milagres, para que a cidade deixe de permanecer petrificada, com a sua gente também petrificada, e vá renascendo aqui e ali, aos poucos. Estudem trabalhem, cultivem-se, aprendam a olhar o que vos rodeia. Respeitem, inventem, arrisquem, descubram!
Bom trabalho, e uma vida inspirada, é o que vos desejo.
Mónica Baldaque.
De Miguel Meira a 9 de Fevereiro de 2008 às 01:41
Conseguem sempre surpreender. Óptima investida :) A Agustina Bessa-Luis foi, é e continuará a ser uma das maiores referências da escrita nortenha e sobretudo nacional em quase todas as áreas por si abrangidas. Curiosamente descobri que nasceu em Amarante, região da qual tenho uma "costela".

Continuação de um excelente trabalho!
De Alexandra Gomes a 8 de Fevereiro de 2008 às 22:23
Meus caros Invictus,

a entrevista pareceu-me ter sido muito interessante. Dou-vos os parabéns por conseguirem chegar a pessoas tão ilustres como a Agustina Bessa-Luis.

Num destes meus dias de muito trabalho, surgiu-me uma ideia que acho que vocês poderiam aproveitar.

Já pensaram em fazer um inquérito pequeno, com perguntas como por exemplo: "Qual a sua melhor memória da cidade?" ou "Que musica identifica com a cidade do Porto?". Como é obvio não poderia ser um inquérito de rua sem qualquer nexo, mas sim a pessoas selectas que vocês entendam que vos possam ajudar. Inclusive estrangeiros ou não naturais da cidade!

Podiam depois aproveitar as respostas e fazer uns cartazes ou uns e-mails e coloca-los em circulação para dar mais vida ao vosso projecto.

Sei que é mais trabalho, mas acho que seria algo muito interessante e original!

Bom trabalho,

Alexandra Gomes
De Albertina Gouveia a 8 de Fevereiro de 2008 às 15:44
Olá equipa !
Esta entrevista demontra a qualidade e competência com que tem desenvolvido o vosso projecto.
A divulgação da cidade está a ser feita de um modo excepcional.
Bom fim de semana.

Comentar post

Mississippi Jones Act

.sabia que...

desde 18 de Abril o Porto passou a ter um Código Regulamentar do Município?

.dá a tua opinião

Qual a melhor forma de divulgar uma noticia no Porto?
Jornais
Radio
Revistas
Passa-palavra
Outdoors
Televisao

.sugestão cultural

Galeria Internacional do Cartoon

Museu Nacional da Imprensa

.links